iParaiba

Geral/poder judiciário

Servidores do Poder Judiciário realizam nova rodada de negociações com o TJ

Publicado em 21/07/2010, às 11h59
Tamanho do texto: A A A

Os servidores do Poder Judiciário da Paraíba, em greve há 44 dias, participaram, ontem (20), de mais uma rodada de negociações com assessores da Presidência do Tribunal de Justiça da Paraíba, mas nenhuma nova proposta foi apresentada. A categoria realiza hoje mais uma assembléia geral para discutir os rumos do movimento.

A reunião com a presidência da casa foi solicitada, na semana passada, pelas entidades representativas dos servidores ASTAJ-PB (Associação dos Técnicos, Analistas e Auxiliares do Poder Judiciário da Paraíba) e ASSTJE-PB (Associação dos Servidores da Secretária do Tribunal de Justiça da Paraíba) que continuam com a paralisação, mesmo com a decretação da ilegalidade da greve, pelo Pleno do Tribunal de Justiça.

De acordo com o Presidente ASTAJ-PB, Celso Batista, o objetivo deles é continuar o diálogo na tentativa de se chegar a um consenso. “O TJ não apresentou qualquer proposta nova para a categoria. Estranhamente os assessores da presidência demonstraram desinteresse na solução da demanda salarial dos servidores em greve”, declara.

Uma nova tentativa de conciliação foi marcada para hoje à tarde, às 14h no prédio do próprio TJ. Amarílio Leite, Presidente da ASSTEJ, informa que “logo após a reunião a categoria deverá se reunir no Auditório da ASPLAN para, em assembléia geral, decidir sobre os rumos da greve”. Para ele, “a sociedade está sendo prejudicada com a omissão do TJ, já que a continuidade do movimento prejudica o andamento de mais de 390 mil processos em toda a Paraíba”.

O argumento utilizado pelos assessores do presidente da casa, é que o Tribunal não dispõe de recursos para conceder o reajuste. Fato contestado por José Ivonaldo, membro do comando de greve. Ele afirma que “as entidades dispõem de números que comprovam a viabilidade orçamentária da proposta encaminhada pelas representações dos servidores do Poder Judiciário da Paraíba”.

SESSÃO ESPECIAL

Ontem à tarde (20) a Assembléia Legislativa realizou uma sessão especial para discutir a greve, convocada pela Deputada Estadual Nadja Palitot. O assunto foi debatido entre os parlamentares presentes, com a participação dos servidores do Poder Judiciário e de alguns vereadores.

Em seu discurso, a deputada afirmou que “é preciso continuar o diálogo entre as partes, para que este impasse seja resolvido, pois esta paralisação vem prejudicando a sociedade. Ela também criticou a decretação da ilegalidade do movimento. “Os serventuários estão reivindicando, principalmente, reposição salarial referente as perdas provocadas pela inflação. Isso é legítimo, e se é legítimo, é legal”, garantiu.

Na sessão foi acolhida a proposta de Nadja Palitot, para a constituição de uma comissão mista da Assembléia Legislativa, a fim de dialogar com a direção do TJ com vistas tentar auxiliar nas negociações.

ATO PÚBLICO EM FRENTE AO TJ-PB

A semana dos grevistas começou com a realização de mais um ato Público em frente ao Tribunal de Justiça. Servidores vindos de várias cidades do estado, realizaram um apitaço e um abraço simbólico a sede da instituição.

A categoria também cantou o Hino Nacional e proferiu frases de protesto contra a falta de propostas por parte da Presidência da casa.

SOBRE A GREVE

A decisão de cruzar os braços por tempo indeterminado foi tomada no dia 26 de maio, quando a categoria realizou uma assembléia e um dia de paralisação de advertência. A greve foi iniciada no dia 7 do mês passado, com adesão de 90% dos servidores.

Entre as principais reivindicações da categoria estão a reposição salarial de 15% referente às perdas salariais entre o período de 2007 a início de 2010, um aumento de 33,32% por causa da expansão na jornada de trabalho e um novo plano de cargo, carreira e remuneração.

Na Paraíba existem 213 varas (cartórios) distribuídas em 78 comarcas. A estimativa é de que, em média, cerca de 800 audiências por dia deixam de ocorrer no estado.

Com a paralisação mais de 390 mil processos ativos em todo o estado da Paraíba, entre os penais, cíveis e de juizados especiais, deixam de ser movimentados. Em grande parte das comarcas a distribuição de novas ações está suspensa.

Redação iParaíba com Ascom

Tags: poder judiciário, tribunal de justiça, assembleia geral,



» Leia mais notícias de Geral

Ontem

Negociações entre Israel e Palestina serão retomadas quarta-feira

As negociações entre israelenses e palestinos sobre o cessar-fogo na Faixa de Gaza serão retomadas quarta-feir...

Para ministro, correção de dados não afeta credibilidade do IBGE

O ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos, Marcelo Neri, disse hoje (20) que o erro na Pesquisa Nacion...

Decisão do Supremo provoca queda de arrecadação do PIS e da Cofins

Uma decisão judicial do ano passado está trazendo impacto sobre o caixa federal em 2014. A retirada do Imposto...

Dia Mundial de Limpeza de Rios e Praias tem ação especial na Paraíba

Uma programação especial para o "Clean Up Day 20014", o dia Mundial de Limpeza de Rios e Praias, neste sábado ...

Ciclista morre em acidente com caminhão na BR-104, na Paraíba

Um ciclista morreu na noite dessa sexta-feira (19) após colidir com um caminhão na BR-104, entre Remígio e Esp...

Agenda dos candidatos à Presidência – 20/9/2014

Pastor Everaldo (PSC) Brasília 10h - Caminhada Corpo a Corpo - Avenida Paranoá, na altura d...

Europeias e americanas pagam até R$ 15 mil para ter ´bumbum brasileiro´

O país das mulheres torneadas está apostando na ciência para investir na exportação de bumbuns – além de dar u...

Mega-Sena pode pagar R$ 37 milhões neste sábado

O sorteio do concurso 1.637 da Mega-Sena, que será realizado neste sábado (20), pode pagar R$ 30 milhões para ...

Botafogo encerra neste sábado troca de ingressos do jogo cancelado pela Botafogo/RJ

A diretoria do Botafogo encerra, neste sábado (20), a troca de ingressos da partida de inauguração do Estádio ...

Maranhão tem 35%, Wilson, 17% e Lucélio, 15%, aponta Ibope

Pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira (19) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida...

Ivete Sangalo, Sabrina Sato e Claudia Leitte exibem pernões em evento de beleza

Na tarde desta sexta-feira (19), Ivete Sangalo, Sabrina Sato e Claudia Leitte comandaram um bate-papo sobre de...

Após correção de erro, Pnad mostra queda na desigualdade no país e não aumento

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou na noite de hoje (19) uma correção da anális...

Cagepa divulga edital de seleção para vagas de estágio na Paraíba

A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) divulgou, nesta sexta-feira (19), o edital para seleção de e...

Cássio tem 42% e Ricardo, 37%, aponta pesquisa Ibope na Paraíba

Pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira (19) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida...

Janot é favorável a direito de resposta para Dilma em programa do PSDB

O procurador-geral Eleitoral, Rodrigo Janot, enviou hoje (19) ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) parecer a f...

Premiê escocês renuncia após derrota do movimento pela independência

O líder nacionalista Alex Salmond renunciou ao cargo de primeiro-ministro após a derrota da campanha pela inde...

Urnas eletrônicas começam a ser preparadas para as eleições segunda-feira (22)

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba começa segunda-feira (22) a preparar as urnas eletrônicas para as ele...

Ministro nega direito de resposta a Dilma por inserções de rádio de Marina

Ministro nega direito de resposta a Dilma por inserções de rádio de Marina O ministro Tarcísio Vieira de Carv...

Localize as seções para o voto em trânsito no 1º turno das Eleições 2014

Foram definidas as 216 seções nas quais o eleitor poderá votar em trânsito no próximo dia 5 de outubro. A moda...

PMCG estrutura setor de hemodiálise do Hospital Dr. Edgley

Desde que teve os serviços municipalizados, em fevereiro deste ano, o Hospital Municipal Dr. Edgley Maciel, em...

» Leia mais notícias de ontem