iParaiba

Sua Vez/Nelson Valente

A nossa literatura infanto-juvenil...

Publicado em 07/02/2010, às 23h22
Tamanho do texto: A A A

Nelson Valente

A literatura infanto-juvenil tem ocupado um grande espaço nos meios de comunicação de massa, nos últimos anos, devido a fatores históricos como, por exemplo, o bicentenário de nascimento dos irmãos Grimm, o “julgamento” do Lobo Mau por um tribunal de Veneza e o relançamento do desenho animado Branca de Neve e os Sete Anões, apresentado pela primeira vez há 50 anos.

Aqui no Brasil, a literatura infanto-juvenil parece ter alcançado finalmente o seu merecido lugar, com a consolidação das livrarias especializadas que, apesar do pequeno número, mostram que já temos um público definido e interessado. As vendas crescem de modo constante e expressivo.

Também o surgimento da crítica especializada, nos principais órgãos de imprensa, tem contribuído muito para desmistificar uma falsa realidade, antes lida como verdadeira – a de que a literatura infanto-juvenil era um gênero de segunda categoria.

É preciso, também, que o programa Salas de Leitura, das entidades oficiais, seja reconhecido como um dos caminhos para o incentivo à literatura infanto juvenil, para que seja ampliado. Essa foi uma das poucas oportunidades em que o governo federal, através do MEC, se preocupou com o assunto.

Se antes tínhamos que nos sujeitar à tradução de obras estrangeiras, hoje o que se vê é outra realidade. Desde que pais, professores e pedagogos passaram a se preocupar com o conteúdo dos livros dirigidos às crianças, surgiu em nosso meio editorial o que se pensou que fosse um fenômeno, um boom, mas na verdade, era o florescimento dos nossos competentes autores e ilustradores.

Foi nesse período que surgiu a chamada “corrente realista” na literatura infanto-juvenil. A preocupação moralista e também pedagógica deu lugar aos temas ligados à nossa perspectiva sociocultural. Passou-se a questionar a realidade brasileira por intermédio de um humor feito com bastante seriedade. A questão da fantasia ou realidade deixou de ser relevante, o que importava ( e ainda importa) era a criança vista como um ser humano e não como um pré-adulto, ou um adulto miniaturizado.

E onde entra Monteiro Lobato, depois do surgimento dessa corrente?

Simplesmente ele é imbatível. A literatura infanto-juvenil brasileira tem nele o seu divisor de águas. Apesar de ter sido um escritor conservador para os adultos, Monteiro Lobato era modernista para as crianças. E foi o primeiro a criar a fantasia “abrasileirada”, sem trenós, neves e outros elementos estranhos à nossa realidade, numa época em que o pouco que produzia era uma cópia de modelos estrangeiros.

A função social da literatura infantil ultrapassa a sua própria expectativa, pois é na infância que se forma o hábito ou gosto pela leitura.

A existência hoje de uma literatura infanto-juvenil brasileira amadurecida é um fato que merece a maior consideração.

Vivemos o mundo da eletrônica, com todas as facilidades momentâneas. A nossa literatura infanto-juvenil precisa conviver com os novos tempos. No rádio e na TV, infelizmente, também existe uma quase total ausência de espaço para a literatura infanto-juvenil. É preciso que a mídia eletrônica seja estimulada a participar desse importante processo.

(*) professor universitário, jornalista e escritor

Tags: Nelson Valente, literatura, infanto-juvenil,



» Leia mais notícias de Sua Vez

Ontem

Usuários já podem avaliar serviços de aeroportos por meio de aplicativo gratuito

Filas, voos atrasados, festas perdidas e muita indignação. A cena é recorrente a cada fim de ano, quando aumen...

Cuba não renunciará a socialismo apesar de aproximação com EUA, diz Raúl Castro

Apesar da retomada das relações diplomáticas com os Estados Unidos, Cuba não renunciará ao socialismo, disse h...

Obama considera ataque virtual à Sony "vandalismo" e não ato de guerra

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou (21) hoje que o ataque virtual contra a Sony Pictures f...

CMO pode votar amanhã relatórios setoriais do Orçamento de 2015

O ano legislativo está acabando, mas a Comissão Mista de Orçamento (CMO) ainda tem uma última pendência a reso...

Brasil enfrentará primeiro verão com dengue e chikungunya

O verão no Hemisfério Sul começa hoje (21) com um desafio particular para o Brasil. Pela primeira vez na estaç...

Veja as manchetes dos principais jornais do país deste domingo(21)

O Globo Manchete: Lava-Jato já conta com 12 acordos de delação Nomes de cinco investiga...

Perfis do filme "A entrevista" no Twitter e Facebook são desativados

Os perfis no Twitter e no Facebook do filme "A entrevista" estavam desativados na tarde deste sábado (20). A c...

Mega-Sena acumula e próximo prêmio pode pagar R$ 8 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas da Mega-Sena no sorteio do concurso nº 1663, realizado na noite deste sábado ...

Novo balanço da OMS indica 7.373 mortos por ebola na África Ocidental

O número de mortos devido à epidemia de ebola na África Ocidental aumentou para 7.373, num total de 19.031 cas...

Coreia do Norte propõe aos EUA investigação conjunta sobre ataque virtual

A Coreia do Norte propôs hoje (20) aos Estados Unidos um inquérito conjunto sobre o ataque virtual em massa co...

Vice-presidente dos EUA comparecerá à posse de Dilma

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou que o seu vice-presidente, Joe Biden, vai liderar a de...

Mega-Sena sorteia R$ 3 milhões neste sábado

O sorteio do concurso 1.663 da Mega-Sena, que será realizado neste sábado (20), pode pagar R$ 3 milhões para ...

Veja as manchetes dos principais jornais do país deste sábado(20)

Zero Hora Manchete: Com verba, metrô pode ser ampliado Governo federal libera R$ 3,5 bi...

Governo reduz orçamento e aumenta juros do PSI para próximo ano

Conjunto de linhas especiais de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o Pro...

STF determina envio da investigação sobre André Vargas para Justiça Federal

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou hoje (19) que a parte da investigação...

Conselho aumenta juros de financiamentos do BNDES pela primeira vez em dois anos

Pela primeira vez em dois anos, as empresas que contraírem empréstimos e financiamentos no Banco Nacional de D...

Dnit cria aplicativo para que usuários denunciem problemas em estradas federais

Um aplicativo para smartphones, criado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), per...

CMN prorroga por um ano renegociação de dívidas de produtores rurais

Os produtores rurais que devem aos fundos constitucionais de Financiamento do Centro-Oeste (FCO), do Norte (FN...

Mais de 5 mil candidatos de nível superior devem fazer nova prova de concurso da PMCG

Os 5,3 mil candidatos de nível superior do concurso da Prefeitura Municipal de Campina Grande voltam a fazer p...

Trabalhadores aprovam nova proposta de ACT e terão reajuste de 12% no piso com retroativo de 6%

Os trabalhadores da Energisa Borborema (EBO) e da Energisa Paraíba (EPB) aprovaram, nesta sexta-feira (19), a ...

» Leia mais notícias de ontem