iParaiba

/vazamento das provas

UFRN e outras que não aderiram ao Enem não vão ter reajuste de verbas

Publicado em 11/10/2009, às 15h48
Tamanho do texto: A A A

UFRN e outras que não aderiram ao Enem não vão ter reajuste de verbas

Foto: Arquivo

UFRN

Depois do vazamento das provas, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano ficou marcado por transtornos para instituições e estudantes e, em alguns casos, até prejuízo financeiro. Mas também vai deixar um seleto grupo de universidades federais com mais dinheiro em caixa. As 14 instituições de ensino superior que seguiram à risca as determinações do Ministério da Educação (MEC), transformando o exame na principal forma de avaliação, vão embolsar quase R$ 200 milhões a mais do que as demais no ano que vem. Os recursos são para a assistência estudantil e estão previstos na proposta do Orçamento da União encaminhada em agosto pelo governo ao Congresso Nacional. A verba repassada para a área dobrou, atingindo aproximadamente R$ 400 milhões. Os reajustes foram concedidos a todas as universidades e centros tecnológicos. Porém, aquelas que cederam aos apelos do ministro da Educação, Fernando Haddad, conseguiram índices mais altos.

Encravada no sul de Minas, a Universidade Federal de Alfenas (Unifal), que vai usar a nota do exame como fase única para preencher vagas remanescentes, teve um salto de 630% no Orçamento. Passou de R$ 324,2 mil, previstos inicialmente para este ano, para R$ 2,3 milhões - ainda que o valor deste ano tenha sido incrementado mais tarde com crédito adicional e chegado a R$ 765 mil. A instituição tem aproximadamente 3.550 alunos, 32 cursos de graduação e três câmpus %u2014 não há previsão de crescimento da instituição para o próximo ano. Outra instituição mineira que também aderiu ao Enem nos moldes que sugeriu o governo é a Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), que teve aumento de 497%.

Reajuste superior a 400% parece ser comum nesses casos. No Nordeste, três das quatro universidades que aderiram ao Enem tiveram reajuste acima desse percentual. O maior índice foi nas contas da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), que tem unidades em Juazeiro (BA), Petrolina (PE) e São Raimundo Nonato (PI). O aumento nos cofres foi de 594%. Seguida pela Universidade do Maranhão (UFMA), com 488%, e pela Rural do Semiárido, com 405%. No Sul, a Universidade de Pelotas teve reajuste de 395%. A Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, de 403%.

UFRN não aderiu
Na outra ponta, instituições que não aderiram ao Exame Nacional do Ensino Médio tiveram reajustes bem menos generosos. O da Universidade de Brasília (UnB), por exemplo, empacou nos 130%. A Universidade Federal de Goiás (UFG) foi pior: apenas 40%. E a do Ceará, 188%. Reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, José Ivonildo do Rêgo não concorda com a política adotada pelo ministério de privilegiar aquelas instituições que adotaram o exame. "Temos uma matriz que leva em consideração o número de alunos carentes de cada universidade e o índice de desenvolvimento humano. Podemos até melhorar esse critério, mas não acho razoável que essas instituições recebam a mais", defende, comentando que ainda tem expectativa de que o ministro reveja a medida.

"Ainda não há como garantir que o número de alunos carentes vai aumentar. Se isso acontecer, aí sim essas instituições podem fazer jus a esse valor", reclama, cobrando critérios mais obejtivos para o repasse da verba da assistência social. De acordo com Ivonildo, a UFRN ainda está estudando como adotar o exame sem prejudicar o modelo já implantado. O reajuste nos valores da assistência estudantil para a instituição foi de 211%.

correiobraziliense

Tags: vazamento das provas, enem, transtornos, instituições e estudantes, prejuízo financeiro, MEC,




Ontem

Procurador Eleitoral diz que sistema político brasileiro tem viés corrupto

O procurador-geral Eleitoral, Rodrigo Janot, afirmou hoje (23) que o atual sistema político brasileiro tem vié...

OAB defende mobilização como as da Diretas Já para aprovar reforma política

Para aprovar a reforma política será necessária uma mobilização semelhante ao movimento pelas eleições diretas...

O dólar comercial subiu 1,35% e encerrou a quinta-feira vendido a R$ 2,514

O dólar comercial subiu 1,35% e fechou o dia vendido a R$ 2,514. A alta, de quase R$ 0,04, fez a cotação ating...

Treze estados e o Distrito Federal adotam Lei Seca no segundo turno

Pelo menos 13 estados, além do Distrito Federal, adotarão a Lei Seca no segundo turno das eleições, domingo (2...

Anatel cobra transparência de operadoras para mudar cobrança da internet móvel

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) convocou as operadoras de telefonia celular para pedir explica...

Datafolha: Dilma tem 48% das intenções de voto e Aécio, 42%

Pesquisa Datafolha, finalizada hoje (23), mostra a candidata do PT à reeleição, Dilma Rousseff, com 48% das in...

TRE recebe mais urnas eletrônicas novas para o segundo turno

Mais 42 urnas novas enviadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) foram recebidas em João Pessoa nesta quint...

Mutirão ganha academia da saúde e completa reforma da UBS

A população do bairro Mutirão, um dos mais carentes de Campina Grande, recebeu nesta quinta-feira, 23, dois im...

Venda de bebida alcoólica no 2º turno é liberada através de liminar do TJ-PB

A comercialização de bebidas alcoólicas está liberada no domingo (26), dia do segundo turno das Eleições, em e...

STF mantém valores de indenização do seguro Dpvat

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (23) manter o valor atual de indenização paga em casos de aciden...

Segundo turno: 79.452 eleitores solicitaram voto em trânsito

No próximo dia 26 de outubro os eleitores brasileiros voltarão às urnas para escolher o futuro presidente da R...

Seleção Brasileira: Dunga anunciou convocados para amistosos em novembro

O técnico Dunga anunciou nesta manhã (23) a lista de convocados para os jogos contra a Turquia e a Áustria em ...

Ministério do Trabalho cria grupo de combate ao trabalho infantil

O Ministério do Trabalho e Emprego instituiu o Grupo Móvel de Fiscalização de Combate ao Trabalho Infantil pa...

PF e polícia colombiana prendem um dos traficantes mais procurados do mundo

Um dos traficantes mais procurados do mundo foi preso ontem (22) pela Polícia Federal (PF), em Boavista (RR), ...

Pesquisa Datafolha: Debate sobre eleições nas redes sociais abala amizades

O intenso uso das redes sociais para expressar apoio político nestas eleições e o acirramento das tensões devi...

Álcool apresenta maior variação de preços entre combustíveis em Campina Grande

A última pesquisa realizada pelo Procon Municipal, nos postos de combustíveis de Campina Grande, constatou que...

Candidatos defendem mudança na lei e redução de cargos para combater corrupção

A plataforma de campanha dos dois candidatos à Presidência da República não deixa de lado um tema espinhoso na...

Número de endividados e inadimplentes cai em outubro

O número de famílias endividadas ou com contas em atraso caiu em outubro deste ano, segundo dados da Pesquisa ...

Auxílio-reclusão beneficia 7,21% das famílias de apenados na Paraíba

O auxílio-reclusão chega às famílias de 7,21% dos 9.159 apenados que integram o sistema penitenciário da Paraí...

Agenda dos candidatos ao governo nesta quinta-feira (23)

Agenda dos candidatos ao governo da Paraíba nesta quinta-feira (23), em ordem alfabética: - Cássio Cunha Li...

» Leia mais notícias de ontem