iParaiba

/vazamento das provas

UFRN e outras que não aderiram ao Enem não vão ter reajuste de verbas

Publicado em 11/10/2009, às 15h48
Tamanho do texto: A A A

UFRN e outras que não aderiram ao Enem não vão ter reajuste de verbas

Foto: Arquivo

UFRN

Depois do vazamento das provas, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano ficou marcado por transtornos para instituições e estudantes e, em alguns casos, até prejuízo financeiro. Mas também vai deixar um seleto grupo de universidades federais com mais dinheiro em caixa. As 14 instituições de ensino superior que seguiram à risca as determinações do Ministério da Educação (MEC), transformando o exame na principal forma de avaliação, vão embolsar quase R$ 200 milhões a mais do que as demais no ano que vem. Os recursos são para a assistência estudantil e estão previstos na proposta do Orçamento da União encaminhada em agosto pelo governo ao Congresso Nacional. A verba repassada para a área dobrou, atingindo aproximadamente R$ 400 milhões. Os reajustes foram concedidos a todas as universidades e centros tecnológicos. Porém, aquelas que cederam aos apelos do ministro da Educação, Fernando Haddad, conseguiram índices mais altos.

Encravada no sul de Minas, a Universidade Federal de Alfenas (Unifal), que vai usar a nota do exame como fase única para preencher vagas remanescentes, teve um salto de 630% no Orçamento. Passou de R$ 324,2 mil, previstos inicialmente para este ano, para R$ 2,3 milhões - ainda que o valor deste ano tenha sido incrementado mais tarde com crédito adicional e chegado a R$ 765 mil. A instituição tem aproximadamente 3.550 alunos, 32 cursos de graduação e três câmpus %u2014 não há previsão de crescimento da instituição para o próximo ano. Outra instituição mineira que também aderiu ao Enem nos moldes que sugeriu o governo é a Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), que teve aumento de 497%.

Reajuste superior a 400% parece ser comum nesses casos. No Nordeste, três das quatro universidades que aderiram ao Enem tiveram reajuste acima desse percentual. O maior índice foi nas contas da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), que tem unidades em Juazeiro (BA), Petrolina (PE) e São Raimundo Nonato (PI). O aumento nos cofres foi de 594%. Seguida pela Universidade do Maranhão (UFMA), com 488%, e pela Rural do Semiárido, com 405%. No Sul, a Universidade de Pelotas teve reajuste de 395%. A Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, de 403%.

UFRN não aderiu
Na outra ponta, instituições que não aderiram ao Exame Nacional do Ensino Médio tiveram reajustes bem menos generosos. O da Universidade de Brasília (UnB), por exemplo, empacou nos 130%. A Universidade Federal de Goiás (UFG) foi pior: apenas 40%. E a do Ceará, 188%. Reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, José Ivonildo do Rêgo não concorda com a política adotada pelo ministério de privilegiar aquelas instituições que adotaram o exame. "Temos uma matriz que leva em consideração o número de alunos carentes de cada universidade e o índice de desenvolvimento humano. Podemos até melhorar esse critério, mas não acho razoável que essas instituições recebam a mais", defende, comentando que ainda tem expectativa de que o ministro reveja a medida.

"Ainda não há como garantir que o número de alunos carentes vai aumentar. Se isso acontecer, aí sim essas instituições podem fazer jus a esse valor", reclama, cobrando critérios mais obejtivos para o repasse da verba da assistência social. De acordo com Ivonildo, a UFRN ainda está estudando como adotar o exame sem prejudicar o modelo já implantado. O reajuste nos valores da assistência estudantil para a instituição foi de 211%.

correiobraziliense

Tags: vazamento das provas, enem, transtornos, instituições e estudantes, prejuízo financeiro, MEC,




Ontem

Compras para o Dia dos Pais devem injetar R$ 5,3 bilhões no comércio

Pesquisa feita com mil consumidores, em 70 municípios do país, pela Federação do Comércio do Estado do Rio de ...

Fundos abutres: ministro argentino critica Justiça dos EUA e mediador do caso

O ministro-chefe da Casa Civil da Argentina, Jorge Capitanich, disse hoje (31), em entrevista coletiva, que "h...

Governo descarta ampliar prazo para municípios acabarem com lixões

O governo federal não vai dar mais prazo para que os municípios acabem com os lixões e passem a armazenar os r...

TSE julga amanhã registro de candidatos à Presidência

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve julgar amanhã (1º) os pedidos de registro dos candidatos à Presidênci...

Com pensão de R$ 100 mil, Zilu está propensa a pedir aumento da quantia ao ex

Ao que tudo indica, os R$ 100 mil de pensão acordados durante a assinatura do divórcio de Zezé Di Camargo não ...

32 pessoas morreram em assaltos a bancos em todo o país no primeiro semestre

Entre janeiro e junho deste ano, 32 pessoas morreram em assaltos a bancos em todo o país. O número é 6,7% maio...

Sebrae prorroga inscrições para Agente Local de Inovação até o dia 08 de agosto

Foram prorrogadas até o próximo dia 8 de agosto as inscrições para seleção de 50 profissionais de nível superi...

Mostra de artes abre período letivo do Centro Cultural Lourdes Ramalho

O mês do folclore, em Campina Grande, começa com uma vasta programação artístico-cultural, com a realização da...

Cultura lança programa que levará 500 jovens para fazer cursos no exterior

O Ministério da Cultura lançou hoje (31) dois editais para cursos e eventos no exterior, com o objetivo de lev...

Seduc/CG convoca escolas particulares para Censo Escolar 2014

A Secretaria de Educação da Prefeitura de Campina Grande está convocando as escolas da rede privada de educaçã...

Sancionada lei que cria regras para convênios com ONGs

O projeto de lei que cria um novo marco regulatório para as organizações não governamentais (ONGs) foi sancion...

Ney Matogrosso faz 73 anos nesta quinta-feira (31)

Ney Matogrosso nasceu no Pantanal, quase na fronteira com o Paraguai, e talvez não haja uma artista mais genuí...

Expectativa do consumidor subiu 3% em julho, diz pesquisa da CNI

O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (Inec) aumentou 3% em julho na comparação com junho. O Inec alc...

Resultado das contas públicas dificultam atingimento da meta de superávit

Os resultados das contas públicas em maio e em junho tornam mais difícil atingir a meta de superávit primário ...

Israel convoca 16 mil soldados da reserva para reforçar operação militar em Gaza

Israel convocou mais 16 mil soldados da reserva para reforçar a operação militar na Faixa de Gaza. Com o anúnc...

Correios analisam pauta de reivindicações dos trabalhadores

Com data base marcada para amanhã (1º) de agosto, trabalhadores e Correios abriram as negociações para evitar ...

Setor público registra déficit primário pela primeira vez no mês de junho

O setor público consolidado - governos federal, estaduais e municipais e empresas estatais- registrou pelo seg...

Android dispara no mercado de smartphones

O Android nunca esteve tão bem no mercado de dispositivos móveis. Dados divulgados pela Strategy Analytics rev...

Confiança do Comércio tem primeira melhora desde fevereiro

Apesar de registrar a primeira evolução favorável desde fevereiro, o Índice de Confiança do Comércio (Icom) fe...

Vila do Artesão divulga programação de agosto do “Samba na Vila”

A Vila do Artesão trouxe para seu espaço o Projeto “Samba da Vila”, que todos os sábados, sempre às 14 horas, ...

» Leia mais notícias de ontem